Terno Rei: “Circulares” (VÍDEO)

 

Um sussurro angustiado entre os versos de Criança – “As coisas que eu perdi / Nunca voltam” –, e a essência melancólica da Terno Rei se revela por completo em Essa Noite Bateu Com Um Sonho (2016, Balaclava Records). Sucessor do delicado Vigília (2014), o segundo álbum de estúdio do quinteto paulistano nasce como uma extensão madura do som intimista que há tempos orienta a obra de Ale Sater (voz e baixo), Bruno Paschoal (guitarra), Greg Vinha (guitarra), Luis Cardoso (bateria) e Victor Souza (percussão).

Produzido em um intervalo de quase dois anos, o registro que conta com produção assumida pelo músico Guilherme Chiappetta, parceiro do grupo desde o primeiro álbum de estúdio, mostra a busca do quinteto pela construção de um material cada vez mais complexo, soturno e alimentado de forma explícita pelos detalhes. Memórias de um passado ainda recente, confissões e delírios psicodélicos. Composições em que a poesia sorumbática do grupo dialoga diretamente com o ouvinte. Leia o texto completo.

Uma das principais canções do ótimo Essa Noite Bateu Como Um Sonho (2016), segundo álbum de estúdio da paulistana Terno Rei, Circulares foi a música escolhida para se transformar no mais novo clipe do grupo. Para a produção do vídeo, a banda contou com o trabalho da Muto e a direção de Bruno Alves, também responsável pelo clipe de Criança. Nas imagens, um diálogo sutil com a poesia da composição, fazendo da passagem do tempo e a ciclicidade cotidiana o principal estímulo para a narrativa detalhada por Alves.

Terno Rei – Circulares

Veja também:


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend