Teyana Taylor & Kehlani: “Morning”


O que acontece quando dois dos nomes mais interessantes do R&B norte-americano se encontram dentro de estúdio? A resposta está na recém-lançada Morning. Trata-se de uma parceria entre Teyana Taylor e Kehlani que parece saída do início do final dos anos 1990. Da voz marcada pelo uso do auto-tune, passando pela inserção dos sintetizadores e batidas densas, tudo soa como um parcial regresso ao som produzido há mais de duas décadas, conceito reforçado logo na imagem de capa do single, trabalho inspirado pelo filme Garotas Selvagens (1998), de John McNaughton.

Responsável pelo ótimo K.T.S.E. – 46º colocado em nossa lista com Os 50 Melhores Discos Internacionais de 2018 –, nos últimos meses, Taylor tem revelado ao público uma série de músicas inéditas assinadas em parceria com diferentes artistas. São faixas como a ótima How Do You Want?, bem sucedido encontro com King Combs, filho do rapper Diddy, em que a artista brinca com as possibilidades dentro de estúdio. Já Kehlani deu vida ao ótimo While We Wait (2019), trabalho inspirado pelo nascimento do primeiro filho da cantora e um dos grandes exemplares do R&B/soul.


Teyana Taylor & Kehlani – Morning

Jornalista, criador do Miojo Indie e integrante do podcast Vamos Falar Sobre Música. Já passou por diferentes publicações de Editora Abril, foi editor de Cultura e Entretenimento no Huffington Post Brasil, colaborou com a Folha de S. Paulo e trabalhou com Brand Experience e Creative Copywriter em marcas como Itaú e QuintoAndar. Pai do Pudim, “ataca de DJ” nas horas vagas e adora ganhar discos de vinil de presente.