The Japanese House: “Good at Falling”


Em um intervalo de poucos anos, Amber Bain fez das canções como The Japanese House a passagem para um universo completamente mágico e nostálgico. Composições como Saw You In a Dream, Swim Agains The Tide e We Talk All The Time que serviram para sintetizar o pop referencial que vem sendo produzido pela cantora e compositora britânica desde o meio da presente década, base para o primeiro álbum de estúdio da artista, o recém-lançado Good at Falling (2019).

São 13 composições e pouco mais de 40 minutos em que o ouvinte é convidado a passear pelo tempo, visitando o pop da década de 1980, porém, em uma estrutura sempre atual, reformulada. O resultado está na produção de um trabalho que dialoga com a sonoridade de artistas como Chairlift, Christine and The Queens e, principalmente, 1975, efeito da forte similaridade do presente disco com o ainda fresco A Brief Inquiry into Online Relationships (2018).


The Japanese House – Good at Falling