The Men: “Maybe I’m Crazy”

 

Poucas bandas recentes parecem ter se transformado tanto nos últimos anos quanto a nova-iorquina The Men. Do noise pop em Leave Home (2011) para o garage rock psicodélico de Open Your Heart (2012), passando pelo punk denso em New Moon (2014) e a busca por um som mais “comercial” em Tomorrow’s Hits (2014), sobram registros em que o (hoje) quarteto brinca com a própria reinvenção criativa dentro de estúdio.

Com Drift (2018), sétimo álbum de estúdio da banda não deve ser diferente. São nove faixas em que o quarteto nova-iorquino parece ir te encontro ao pós-punk dos anos 1970/1980, flertando com a obra de artistas como Swans, Suicide e Public Image LTD. Exemplo disso está na faixa de abertura do disco, a instável Maybe I’m Crazy. Uma lenta sobreposição de ruídos metálicos e vozes pensadas para provocar o ouvinte.

 

Drift

1. Maybe I’m Crazy
2. When I Held You In My Arms
3. Secret Light
4. Rose On Top Of The World
5. So High
6. Killed Someone
7. Sleep
8. Final Prayer
9. Come To Me

Drift (2018) será lançado no dia 2/3 via Sacred Bones.

 

The Men – Maybe I’m Crazy

Veja também:


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend