The Pains Of Being Pure At Heart: “Poison Touch”

.

Das mudanças lançadas pelo The Pains of Being Pure at Heart em Days of Abandon (2014), a busca por melodias menos “agressivas”, como aquelas testadas em Belong (2011), talvez seja o elemento de maior acerto da banda. Com um pé na década de 1980, Kip Berman deixa de lado a relação com gigantes como My Bloody Valentine para explorar a lírica sentimental de forma honesta, esbarrando vez o outra na obra de The Smiths e demais influências explícitas.

Próximo de lançar a edição especial do novo disco – o terceiro desde que a banda estreou em 2009 -, Berman apresenta agora a mais nova composição do TPOBPAH: Poison Touch. Descomplicada, a música “escrita para Taylor Swift” sintetiza de forma encantadora a atual postura do grupo, trazendo nos vocais Jen Goma (A Sunny Day In Glasgow) o material mais acessível do grupo desde as canções adolescentes do primeiro disco. A edição deluxe de Days Of Abandon estreia no dia 22 de setembro.

.

The Pains Of Being Pure At Heart – Poison Touch