The World is a Beautiful Place & I am No Longer Afraid to Die: “Harmlessness”

.

Lançado de forma despretensiosa no ano de 2013, Whenever, If Ever, estreia da banda norte-americana The World is a Beautiful Place & I am No Longer Afraid to Die acabou atraindo e cirando uma boa base de seguidores para o grupo, em atividade desde 2009. Dois anos após o bem-sucedido registro, em Harmlessness (2015), o coletivo de Willimantic, Connecticut, continua a explorar velhas referências, encontrando na obra de nomes como American Football, Braid e Cap’n Jazz a base para o presente disco.

São 13 novas composições, um acervo que dialoga com elementos do (real) Emo, Pós-Rock e Indie Rock dos anos 1990 sem que necessariamente a banda faça disso uma fórmula desgastada. Entre composições já conhecidas do público, como You Can’t Live There Forever, e todo um rico acervo de faixas inéditas, o grupo parece capaz de prender a atenção do ouvinte até o último verso, detalhando relacionamentos fracassados, medos e tormentos típicos de qualquer jovem adulto. Com lançamento físico pelo selo Epitaph, o álbum pode ser apreciado gratuitamente no bandcamp do coletivo.

.

The World is a Beautiful Place & I am No Longer Afraid to Die – Harmlessness