Toro Y Moi: “Run Baby Run”

.

Pouco parece sobrevivido da obra de Chaz Bundick em Causers of This (2010), primeiro álbum como Toro Y Moi. A julgar pelo som pop, acessível e intenso promovido desde o lançamento de Empty Nesters, há poucos meses, cada vez mais o músico norte-americano parece em busca do grande público, o que faz de What For? (2015), quarto registro em estúdio dentro do mesmo projeto como a última pá de terra nas ambientações letárgicas, típicas da Chillwave, que marcaram os anos iniciais do artista.

Mais recente lançamento de Bundick, Run Baby Run nasce como um reforço ao som cativante que deve movimentar todo o quarto álbum do músico. Poderia ser Teenage Fanclub, Kinks ou qualquer outro artista “especializado” na construção de temas pop, entretanto, é o mesmo responsável pelo soul-funk sujo de Underneath the Pine (2011) e pelos flertes com o Hip-Hop em Anything in Return (2013). Não desagrada, entretanto, a estranheza é inevitável quando voltamos os ouvidos para o passado recente do Toro Y Moi. Que venha o novo disco.

Com lançamento pelo selo Carpark, What For? estreia no dia sete de abril.

.

Toro Y Moi – Run Baby Run

Veja também:


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend