Tributo a Belchior: “Ainda Somos os Mesmos”

Categories Notícias, Singles

Belchior

Quase quatro décadas se passaram desde que Alucinação (1976), obra-prima do cantor e compositor Belchior e um dos grandes registros da música brasileira foi apresentada ao público. Morada de alguns dos maiores clássicos do artista cearense, como Apenas um rapaz latino-americano, Velha roupa colorida e Como nossos pais – as duas últimas eternizadas na voz de Elis Regina -, o registro aparece agora em nova versão, aos comandos de um coletivo de artistas independentes.

Organizado pelo produtor Jorge Wagner – também responsável pela coletânea tributo ao Raça Negra -, o projeto intitulado Ainda Somos os Mesmos visita cada uma das 10 faixas do disco original em um sentido de aproximação com o presente. Estão lá nomes como Nevilton, Lucas Vasconcellos (da dupla Letuce) e Transmissor, todos inclinados a adaptar o trabalho de Belchior sem necessariamente fugir das próprias experiências musicais.

Além do álbum fechado, o EP paralelo Entre o Sonho e o Som busca ressuscitar outros clássicos do cantor que não integram o disco de 1976. São músicas como Medo de Avião, Todo Sujo de Batom e Paralelas, faixas interpretadas por um time que inclui The Baggios e a cantora baiana Nana. Disponíveis para download exclusivo no site Scream & Yell, os dois registros podem ser apreciados na íntegra no player logo abaixo.

Tributo a Belchior – Ainda Somos os Mesmos

Tributo a Belchior – Entre o Sonho e o Som EP

Veja também:

Criador do Miojo Indie, trabalhou como coordenador de Mídias Sociais na Editora Abril, editor de entretenimento e cultura no Huffington Post e hoje é editor de conteúdo no Itaú. Apaixonado por GIFs de gatinhos, “ataca de DJ” nas horas vagas e adora ganhar discos de vinil como presente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *