U.S. Girls: “Overtime” (VÍDEO)


Em busca de novas possibilidades e ritmos, Meghan Remy fez de In a Poem Unlimited — 22º colocado em nossa lista com Os 50 Melhores Discos Internacionais de 2018 —, a passagem para um novo universo criativo. São composições que atravessam o pop psicodélico para mergulhar no art rock em uma linguagem própria da cantora e compositora canadense, cuidado que se reflete com naturalidade desde a chegada do maduro Half Free (2015). Dois anos após a entrega do último trabalho de estúdio, a multi-instrumentista norte-americana está de volta com um novo álbum como U.S. Girls.

Intitulado Heavy Light (2020), o registro que conta com 13 composições inéditas deve, mais uma vez, transportar o som produzido por Remy para um novo território criativo. Exemplo disso está na recém-lançada Overtime, canção marcada pelo uso destacado da percussão, uso detalhista das guitarras e vozes sempre complementares, como um instrumento que se dobra de forma a favorecer as escolhas da musicista. Com um pé no soul e outro no rock dos anos 1980, a canção ainda chega acompanhada de um curioso clipe protagonizado pela dançarina Andrea Nann e dirigido pela própria cantora.


Heavy Light

01 4 American Dollars
02 Overtime
03 IOU
04 Advice To Teenage Self
05 State House (It’s A Man’s World)
06 Born To Lose
07 And Yet It Moves / Y Se Mueve
08 The Most Hurtful Thing
09 Denise, Don’t Wait
10 Woodstock ‘99
11 The Color Of Your Childhood Bedroom
12 The Quiver To The Bomb
13 Red Ford Radio

Heavy Light (2020) será lançado em 6/3 via 4AD.




U.S. Girls – Overtime