Wado: “Depois do Fim” (part. Zeca Baleiro & Patrícia Ahmaral)


No reducionismo dos elementos, um mundo de novas possibilidades. Para a produção do novo álbum de estúdio, A Beleza que Deriva do Mundo, Mas a Ele Escapa (2020), Wado decidiu seguir um caminho diferente. Longe de instrumentos de percussão, o cantor e compositor catarinense radicado no Alagoas decidiu investir em uma obra marcada pela economia dos arranjos e uso de ambientações acústicas, estrutura que naturalmente aponta para o material entregue no elogiado Vazio Tropical (2013), trabalho que revelou ao público músicas como Cidade Grande, Flores do Bem e Canto dos Insetos.

Exemplo disso está na série de músicas apresentadas pelo artista nas últimas semanas, caso de Faz Comigo, com Flora, Nina, ao lado de Lucas Santtana e, mais recentemente, Arcos, com Felipe De Vas e Yo Soy Toño. Enquanto se prepara para o lançamento do disco, Wado entrega ao público mais uma composição inédita: Depois do Fim. De essência agridoce, a faixa assinada em parceria com Zeca Baleiro e completa pela presença de Patrícia Ahmaral, segue de onde o músico parou nas últimas semanas. Um delicado exercício criativo que vai da formação dos arranjos ao uso das vozes.

A Beleza que Deriva do Mundo, Mas a Ele Escapa (2020) será lançado em 2/10 via LAB 344.



Wado – Depois do Fim (part. Zeca Baleiro & Patrícia Ahmaral)