Whitney: “Valleys (My Love)”


O fascínio de Julien Ehrlich e Max Kakacek pela música produzida na década de 1970 continua a orientar o trabalho da banda no Whitney. Três anos após o lançamento do ótimo Light Upon the Lake — 27º colocado em nossa lista com Os 50 Melhores Discos Internacionais de 2016 —, o grupo norte-americano continua a revisitar o passado de forma autoral, proposta evidente durante o lançamento da detalhista Giving Up, música escolhida para anunciar o segundo álbum de inéditas da banda, Forever Turned Around (2019), mas que ganha ainda mais destaque com a chegada de Valleys (My Love).

Típica criação do grupo estadunidense, a nova faixa parece lidar com os instantes, revelando incontáveis camadas instrumentais, melodias e vozes. Inicialmente movida pelo uso de uma base acústica, a canção aos poucos se abre parava inserção de arranjos de metais e guitarras destacadas que lembram o Wilco em Sky Blue Sky (2007). Surgem ainda pianos, batidas complementares e pequenas sobreposições harmônicas, como uma extensão natural de tudo aquilo que o grupo havia testado em Light Upon the Lake. Quem assina o também delicado clipe da canção é o diretor Nicholas Woytuk.

Forever Turned Around (2019) será lançado em 30/8 via Secretly Canadian.



Whitney – Valleys (My Love)