Zola Jesus: “Dangerous Days”

Zola Jesus

.

Nika Danilova fez dos dois primeiros álbuns à frente do Zola Jesus – The Spoils (2009) e Stridullum II (2010) – uma interpretação particular da música (gótica) dos anos 1980. Sintetizadores e batidas lentas, adaptações da obra de Kate Bush e uma série de referências nostálgicas encaradas com amargura. Colagens que encontraram em Conatus (2011) um ponto tímido de transformação, mas que deve ser melhor resolvido com a chegada de Taiga (2014), quarto álbum de inéditas da cantora norte-americana.

Com previsão de estreia para o dia sete de outubro pelo selo Mute, o álbum encontra na recém-lançada Dangerous Days uma espécie de anúncio do ambiente que deve orientar a presente fase da artista. Com um pé na eletrônica dos anos 1990 (principalmente em se tratando da cena Industrial), a nova faixa é ao mesmo tempo uma extensão e um ponto de ruptura dentro da carreira de Danilova. Um misto de The Knife, Robyn e M83 que não exclui o estranho brilho pop da composição – compatível com a voz firme da artista.

.

Zola Jesus – Dangerous Days


2 thoughts on “Zola Jesus: “Dangerous Days”

Comments are closed.